Corfield, Lda
Av. Marechal Craveiro Lopes, nº 145 2775-698 145 R/C Lisboa Carcavelos, Portugal
214586780 912178522 sergio.cordeiro@nevadabobs.pt
Sergio Cordeiro
16/12/2000
Estoril
https://nevadabobs.pt/uploads/seo/big_1607618205_8319_logo.png 505097931

Dicas NBG // Golfe & Nutrição

A alimentação de um golfista é tão importante como a sua boa preparação física!

 

A alimentação de um golfista é tão importante como a sua boa preparação física e deve-se ter em conta vários factores: peso e altura, antecedentes pessoais, tipo de metabolismo, entre outros. 

O objectivo de uma boa nutrição consiste em que o golfista se sinta sempre com energia, quer antes, durante e após o fim do jogo. Deve ser evitada uma sensação de cansaço extremo durante todo o jogo.

Uma volta de golfe (18 buracos) leva de 3 a 5 horas para ser concluída, dependendo do nível de habilidade do jogador. Embora o comprimento médio de um campo seja de 6km, um jogador de golfe pode caminhar de 10 a 20 km para completar uma volta.

 

O que comer e beber antes de uma competição

Os jogadores de golfe podem esperar que uma volta de golfe dure até 5 horas, portanto, é importante fazer uma refeição nutritiva antes de começar a manter os níveis de açúcar no sangue e energia estáveis ??para evitar a fadiga durante a partida.

 

O horário da refeição depende da hora de saída. Como esse horário de início pode ser variado, os jogadores de golfe precisam desenvolver um plano de nutrição que possa ser facilmente adaptado para se adequar a diferentes horários de início.

 

Cada atleta é diferente, mas os jogadores de golfe geralmente comem uma refeição pré-competição cerca de 3 a 4 horas antes do início da volta. Esta refeição deve conter algum carboidrato como combustível, bem como alguns líquidos para hidratação. Uma pequena quantidade de proteína na refeição também é útil, pois pode ajudar a prevenir a fome durante uma rodada de golfe potencialmente longa.

 

Algumas sugestões para uma refeição antes de uma volta de golfe são:

  • Muesli com frutas frescas
  • Wrap com queijo, frango e salada
  • Salada de frutas com iogurte natural
  • Salada de batata doce com atum

 

Dependendo da hora do tee-time, os jogadores também farão um pequeno lanche adicional 1-2 horas antes do jogo. Geralmente é algo leve, rico em carboidratos, mas relativamente pobre em gorduras e fibras, por isso é fácil de digerir.

 

Algumas ideias de lanches adequados incluem:

  • Banana e um punhado de amêndoas
  • Abacate com bolo de arroz

 

Para jogadores de golfe que podem estar nervosos ou com falta de apetite antes de competir, uma fonte líquida de proteínas e carboidratos, como um smoothie de frutas, pode ser uma boa opção.

 

Os jogadores devem trabalhar em estreita colaboração com um nutricionista desportivo credenciado para testar estratégias de nutrição durante o treinamento e praticar partidas para encontrar um plano que funcione melhor para eles

 

Comer e beber durante a competição

Como uma partida de golfe pode durar várias horas, é necessário repor os líquidos e os carboidratos durante a partida. Também é comum que, devido ao tempo de uma volta, um jogador de golfe perca uma refeição (por exemplo, o almoço). Portanto, é importante repor esses nutrientes durante e após a rodada. Comer um pequeno lanche saudável a cada 4-6 buracos pode ser útil para aumentar os níveis de energia e manter a concentração.

 

Bons lanches para levar em um saco de golfe incluem:

  • Fruta fresca
  • Sanduíches simples (por exemplo, fiambre e queijo)
  • Misturas de frutas secas e nozes
  • Biscoitos salgados

 

Embora a água seja o fluido prioritário durante o treino e para a hidratação durante o dia e durante a maioria das voltas, bebidas desportivas ou energéticas podem ser úteis durante voltas longas ou para jogadores identificados com grandes perdas de líquidos, pois podem fornecer alguns carboidratos e ajudar na hidratação.

 

Recuperação

A nutrição de recuperação é especialmente importante ao jogar várias voltas em um dia em torneios de vários dias. As refeições e lanches de recuperação devem conter carboidratos (combustível), algumas proteínas (para o reparo e desenvolvimento muscular) e muitos líquidos e eletrólitos para repor as perdas pelo suor.

 

Alguns exemplos de alimentos de recuperação adequados são:

  • Sanduíche de presunto ou ovo e salada
  • Burritos caseiros com frango e salada
  • Smoothie à base de frutas
  • Hambúrguer de carne magra com pão integral com salada